Sweden Brazil Innovation Initiative (SBII) is a platform supporting long-term relationships that can enable collaborations and foster co-creation of innovation ecosystems. The main activities are to disseminate information about cooperation, opportunities, notices, seminars and matchmaking.

Since 2016, Sweden and Brazil have a Steering Group of Innovation (SGI) between the Swedish Ministries of Enterprise and Innovation (MEI) and the Brazilian Ministry of Science, Technology and Innovation (MCTI). The purpose of the SGI is to create conditions for the implementation of the Strategic Partnership. Four large areas of concentration were chosen: Life science (Healthcare), Smart Cities, Sustainable Mining and Bioeconomy.


To improve communication and reach academia, research institutes and especially companies, SBII was initiated by Vinnova, in partnership with CISB, RISE (Research Institutes of Sweden) and Sweden’s Office of Science and Innovation in Brasília (OSI-Brasília).

 

For more information:

ico cooperacao wwwico cooperacao instagram

 

As relações entre a Suécia e o Brasil remontam ao passado e desenvolveram-se com o tempo, sendo que em 1822, quando o Brasil declarou sua independência, a Suécia já possuía um cônsul geral atuando no país.

Em 2009, a Suécia e o Brasil assinaram uma parceria estratégica e o Acordo Bilateral para Cooperação nas áreas de inovação e de alta tecnologia industrial. Essa parceria deu um importante passo quando o Brasil, em outubro de 2014, decidiu adquirir o sistema sueco de caças de combate Gripen NG. O projeto Gripen consiste em uma relação estratégica industrial entre a Suécia e o Brasil pelos próximos 25-30 anos e envolve cooperação em uma ampla gama de setores, não se limitando à defesa. A cooperação Gripen também trará intercâmbios de capital humano para ambos os países.

Nos últimos anos, o projeto em torno do caça Gripen reforçou essa parceria e produziu amplos resultados além da área de equipamentos de defesa. Suécia e Brasil também firmaram uma parceria de inovação com diversas novas oportunidades de cooperação científica, e há boas perspectivas para aprofundar ainda mais a parceria estratégica, não apenas em termos de digitalização e automação, mas também nas áreas de desenvolvimento urbano, mineração, silvicultura sustentável, TIC e saúde.

Em 2015, Suécia e Brasil inauguraram o High Level Group in Aeronautics (HLG) e em 2016 o Steering Group of Innovation (SGI) entre os Ministérios de Empresa e Inovação da Suécia (MEI) e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) do Brasil. O objetivo do HLG e do SGI é criar condições favoráveis para a implementação de parcerias estratégicas. Cinco grandes áreas de concentração foram escolhidas: Aeronáutica, Ciências da Vida, Cidades Inteligentes, Mineração Sustentável e Bioeconomia.