Organizado pelo CISB e pelo ITA, encontro pavimentou o caminho para a execução de uma agenda de cooperação entre os dois países.

A 2ª edição do Workshop Brasil-Suécia em Aeronáutica e Defesa, realizado nos dias 28 e 29 de maio no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), em São José dos Campos (SP), reuniu mais de 180 participantes entre representantes de empresas, universidades e  governo de ambos os países para aprofundar as discussões sobre os 26 projetos em pré-estudo de pesquisa, desenvolvimento e inovação (P,D&I) que estão sendo estudados no âmbito da parceria entre Brasil e Suécia.

Em sua 2ª edição, encontro irá aprofundar as discussões sobre 26 projetos em estudo, além de possibilitar a prospecção de novos.

A cooperação Brasil-Suécia em aeronáutica e defesa vem avançando cada vez mais. Atualmente, 26 projetos estão sendo estudados com vistas à estruturação de um portfólio de pesquisa, desenvolvimento e inovação (P,D&I) no setor, a exemplo de um simulador de voo inteligente, de um robô serpente e de novos conceitos de aviões de combate. É sobre eles que o Centro de Pesquisa e Inovação Sueco-Brasileiro (CISB) e o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) irão discutir nos dias 28 e 29 de maio, em São José dos Campos, durante o 2º Workshop Brasileiro-Sueco em Aeronáutica e Defesa.

O Centro de Pesquisa e Inovação Sueco-Brasileiro (CISB), que trabalha para estabelecer acordos de cooperação em ciência, inovação e alta tecnologia entre Brasil e Suécia, conta com três novos membros: a empresa brasileira Akaer Engenharia, o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e a Luleå University of Technology, da Suécia.

ITA recebe professor sueco em programa apoiado pela SAAB e pelo CISB.Iniciativa visa ampliar a cooperação tecnológica em aeronáutica.

O engenheiro aeronáutico Petter Krus, da Linköping University, é o primeiro professor a participar do Programa Chair for Swedish Aeronautical Professor in Brazil no âmbito do INNOVAIR, um programa sueco que visa estreitar os laços entre academia, governo e indústrias de ambos os países para fortalecer o intercâmbio de inovação e de tecnologias avançadas no setor aeronáutico. A iniciativa Chair for Swedish Aeronautical Professor in Brazil também conta com o apoio da SAAB e do Centro de Pesquisa e Inovação Sueco Brasileiro (CISB), além das participações da Linköping University, The Royal Institute of Technology e da Chalmers University of Technology.

Mais de 160 projetos foram inscritos para a 4ª chamada CNPq/CISB/SAAB.

A 4ª chamada para bolsas de projetos CNPq/CISB/SAAB, no âmbito do programa Ciência sem Fronteiras, registrou novamente um número expressivo de aplicações. Foram submetidos 162 projetos, o que representa um aumento de 50% em relação à edição anterior que teve 108 inscritos. As bolsas são resultado de um acordo firmado entre o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Centro de Pesquisa e Inovação Sueco-Brasileiro (CISB) e a Saab AB, empresa sueca líder em tecnologia para as áreas de defesa militar e segurança civil.