Muito além do caça Gripen

A iniciativa prevê o estabelecimento de uma cadeira com a presença de três professores suecos no Instituto Tecnológico Aeronáutico (ITA), dentro do Comando da Aeronáutica (COMAER), de dois a seis meses por ano, a partir deste ano. Krus, que neste primeiro período ficará no Brasil até 6 de junho, tem a missão de aprofundar a cooperação bilateral para além do que está previsto no acordo de compra do caça Gripen, da SAAB. Por meio do CISB, estão sendo estruturados 26 projetos cooperativos entre os dois países no setor aeronáutico, sendo intensiva a participação do ITA.

Um deles visa o desenvolvimento de um caça, em subescala, para testar diferentes tecnologias para uma nova geração de aeronaves de combate. “O objetivo é compreender os recursos necessários para desenvolver um caça de última geração”, explica Krus. O primeiro protótipo, conta ele, já foi construído, na Universidade de Linköping. “Esperamos construir outro no ITA”, afirma. O projeto, que também conta com a participação da USP São Carlos, deve ser concluído em dois anos. “Mas já estamos planejando sua continuação”, adianta.

Além de projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (P,D&I), Krus terá uma intensa atividade acadêmica no Brasil, com palestras, supervisão de alunos e tutoria de jovens professores. “Minha equipe na Linköping University também deverá passar algum tempo no Brasil. Queremos ter pesquisadores brasileiros em nossa universidade, como já vem acontecendo nos últimos anos, e planejamos expandir o intercâmbio de estudantes.”

Uma tarefa importante para Krus será ajudar no alinhamento de uma agenda em aeronáutica entre os dois países. “Trata-se de uma área de grande importância estratégica, tanto para o Brasil como para a Suécia”, ressalta. “Espero poder contribuir para a construção de uma rede de pesquisa de classe mundial em aeronáutica com universidades brasileiras e suecas.”

 Krus esclarece que a outra parte de seu tempo no País será investida em promover a colaboração em um sentido mais amplo, uma vez que a expectativa é que esta iniciativa inspire o compartilhamento de experiências voltadas à inovação, com outras instituições, em áreas como energia sustentável, tecnologia ambiental, defesa e segurança, transporte e logística, e desenvolvimento urbano.

Quem é Petter Krus

Professor em Fluidos e Sistemas Mecatrônicos (Flumes), na Linköping University, Suécia, concentra seus interesses de pesquisa em energia de fluidos, tecnologia de sistemas mecânicos e mecatrônicos, mais especificamente em dinâmica de sistemas, controle, sistema de simulação (HOPSAN), otimização, design de sistema e automação de projeto. As aplicações de suas pesquisas se dão principalmente em design de aeronaves, veículos rodoviários e máquinas de construção.

O que é INNOVAIR

É o programa de inovação estratégico nacional da Suécia para a aeronáutica. O objetivo é coordenar e dar suporte aos atores das indústrias, universidades, institutos, associações e agências do governo que atuam no setor aeroespacial, para promover condições favoráveis ao fortalecimento do setor na Suécia, por meio de mais colaboração, pesquisa e divulgação de informações.

 

Sobre o CISB

O Centro de Pesquisa e Inovação Sueco-Brasileiro (CISB) tem como objetivo de identificar, desenvolver e apoiar projetos de P,D&I que envolvam tecnologias avançadas em diversos setores. Seu modelo operacional é inspirado nos parques tecnológicos suecos e baseado nos princípios de inovação orientada por desafios, inovação aberta e hélice tripla. O CISB atua como facilitador, catalisador e gestor da rede colaborativa formada por seus membros e parceiros dos dois países.

 

Sobre a SAAB

A Saab atende ao mercado global com produtos, serviços e soluções líderes mundiais para defesa militar e segurança civil. Mantém operações e funcionários em todos os continentes ao redor do mundo. Através de um pensamento inovador, colaborativo e pragmático, a Saab desenvolve, adota e aperfeiçoa novas tecnologias para atender às necessidades dos clientes.