Bolsas para projetos na Suécia: novo recorde de aplicações

“Acreditamos que o sucesso desta chamada foi o fato dela ser focada nas áreas de materiais e manufatura, eletrônica, tecnologia da informação e comunicação e sistemas de engenharia mecânica, todas voltadas ao setor aeronáutico”, afirma Alessandra Holmo, Managing Director do CISB. “Trata-se de uma área estratégica para ambos os países, que vem estimulando o interesse dos pesquisadores brasileiros”, acrescenta.

O CISB e a Saab também disponibilizam uma plataforma colaborativa, o que facilitou a interação entre os pesquisadores brasileiros e os pesquisadores das universidades suecas e da Saab. “Eles puderam receber orientações e dialogar durante a fase de construção da proposta de projeto”, conta. “Outro fator relevante são os exemplos dos pesquisadores participantes das chamadas anteriores, que estão colhendo os frutos desta oportunidade e certamente motivando outros pesquisadores brasileiros”, acrescenta.

Avaliação e seleção - Até o mês de julho, os projetos inscritos nesta edição serão avaliados por um comitê composto por especialistas do CNPq, CISB e Saab. Serão selecionados dez para pós-doutorado e cinco para doutorado sanduíche. O resultado será anunciado em agosto na Plataforma Carlos Chagas. Os pesquisadores viajarão para a Suécia a partir de setembro.

As chamadas CNPq/CISB/SAAB já possibilitaram até o momento a ida de 25 pesquisadores para a Suécia. “Todos com projetos de altíssimo nível”, ressalta Alessandra Holmo. Ela lembra que a cada edição a chamada é aprimorada, o que vem possibilitando a submissão de excelentes propostas.  

 

Sobre o CISB

Fundado em maio de 2011, o Centro de Pesquisa e Inovação Sueco-Brasileiro (CISB) tem como objetivo: identificar, desenvolver e apoiar projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação que envolva tecnologias avançadas dentro de uma vasta gama de setores. Seu modelo operacional é inspirado nos parques tecnológicos suecos e baseado nos princípios de inovação orientada por desafios, inovação aberta e hélice tripla. O CISB atua como facilitador, catalisador e gestor da rede colaborativa formada pelos seus membros e parceiros dos dois países.

Criação de projetos multi-institucionais, organização de workshops internacionais e missões internacionais, facilitação de programas de intercambio de pesquisadores e treinamento em gestão de inovação são algumas das ações realizadas pelo CISB.

Fazem parte do seu quadro de membros, empresas como Saab AB, Scania Latin America,Volvo Cars e Clavister, institutos de pesquisa como Innventia, SP Technical Research Institute of Sweden e SENAI, além de universidades suecas como Royal Institute of Technology, Chalmers University, Linkoping University, Halmstad University e Lund University. Saiba mais em: www.cisb.org.br

 

Atendimento à Imprensa

Acadêmica Agência de Comunicação – www.academica.jor.br
Érika Coradin – erika@academica.jor.br
11+ 5549-1863 / 5081-5237