Centro de Pesquisa e Inovação Sueco-Brasileiro é inaugurado

O centro tem como conceito reunir os principais grupos de interesse, provenientes do público em geral, do mundo acadêmico e da indústria, para enfrentar, por meio do uso da tecnologia, os desafios com que a sociedade se depara. Até o momento, o centro já atraiu mais de 40 parceiros. Estes parceiros e organizações serão membros da associação CISB e terão um lugar no conselho e em seus comitês temáticos para decidir sobre o foco de atividades e projetos. Além disso, serão parceiros ativos em projetos específicos.

 

As áreas de foco do centro serão: Transporte e Logística, Defesa e Segurança, bem como desenvolvimento Urbano com foco em energia e meio ambiente. O centro formará pequenas equipes de especialistas que ajudarão os interessados na concepção dos projetos, envolvendo diferentes desafios de Pesquisa e Desenvolvimento.

A inauguração contou com a participação da Diretora Geral da Vinnova Charlotte Brogren, o Presidente da ABDI Mauro Borges Lemos, a Prefeita da Cidade de Linköping Ann-Cathrine Hjerdt, o Prefeito de São Bernado de Campo Luiz Marinho, assim como o Diretor Executivo do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento (CISB) Bruno Rondani.

"A Saab garantiu o início das operações do centro e nossa intenção é investir em vários projetos realizados em conjunto com a comunidade acadêmica brasileira e a indústria local. Acredito que o centro gerará inovações e, consequentemente, negócios no Brasil, na Suécia e internacionalmente. Alguns exemplos de projetos que pretendemos executar no centro incluem um radar de vigilância costeira, baseado em avançada tecnologia de arranjo em fase, em colaboração com a empresa brasileira Atmos, assim como um projeto de desenvolvimento de datalink com a ION", disse Håkan Buskhe, presidente da Saab.

A Saab vê muitas oportunidades no Brasil, não só no setor aeronáutico como também nas áreas de segurança civil, sobretudo pelo fato de o País ser sede da Copa do Mundo e das Olímpiadas, dentro de pouco anos.

A Saab assumiu o compromisso de compartilhar, no mais alto nível, tecnologia com o Brasil, investindo em parcerias reais e duradouras que viabilizarão um salto tecnológico no setor brasileiro de defesa e segurança.