Rede Colaborativa de Projetos e Fabricação para EPIs, EPCs, Ventiladores e Respiradores – COVID-19

A rede nasceu da necessidade de acelerar as várias iniciativas de atores regionais do Ecossistema de Inovação brasileiro, conectando profissionais voluntários e suas instituições neste esforço conjunto da comunidade técnica-científica e de inovação industrial.
O grande foco é apoiar e promover a sinergia entre as várias iniciativas relacionadas ao tema no país, conectando através de um ambiente de troca de conhecimento e experiência entre seus integrantes (Academia, Indústria e Governo) para acelerar iniciativas regionais.

A rede tem o cuidado de orientar todas as iniciativas que sao necessárias e verificar a aderência as normas, padrões e regulamentações locais. No site da Rede Colaborativa são compartilhados os principais modelos abertos, normas relativas as iniciativas, editais e informações relevantes para a comunidade da rede bem como para apoiadores da iniciativa.

“Seguindo o modelo de rede distribuída, a Rede Colaborativa permitiu uma agilidade e maior eficácia para que as iniciativas regionais no país, pudessem aprender e compartilhar conhecimento, em um grande esforço colaborativo”, segundo o Prof. Ricardo Yogui, um dos membros do núcleo de articulação da rede.

Para o CISB é muito importante participar desta rede colaborativa. “Podemos contribuir com nossa experiência em formação de comunidades e também temos interesse em acompanhar o legado desta rede com relação a inovação industrial no pais. “diz Alessandra Holmo, Managing Director do CISB.

A Rede Colaborativa conta com voluntários de instituições como:  Agência PUC-Rio de Inovação, Aceleradora Inova Unigran, ABDI, Ministério da Economia, Anpei, Unifei, EESC/USP, Mercedes Benz, Supera Parque, Escola de Engenharia UFRGS, Abinfer, InovAtiva Brasil, 3D Systems, CCM/ITA, Abimaq, Anprotec, Bosch, Anestech, Indigo-De, Sindpeças e CISB


Sobre a Rede Colaborativa 3D: https://redecolaborativa3d.com.br/