Entrevista Petter Krus, Linköping University

Você considera a sua missão cumprida?

A missão nunca é cumprida, mas acho que fizemos progresso para estabelecer a colaboração sueco-brasileira. Eu acho que é importante ter algum esforço coordenado sustentado para manter e beneficiar a colaboração. Eu acho que o benefício total vem no futuro, quando os estudantes que se envolveram agora alcançarão posições de liderança nas universidades e na indústria. E será natural para eles colaborarem, uma vez que, com o tempo, terão construído uma sólida confiança e compreensão mútua.

Você estabeleceu uma rede de pesquisadores brasileiros e suecos. Acredita que esta rede é poderosa o suficiente para continuar mesmo com o fim de sua cátedra no ITA? Por quê?

Claro que pode continuar mesmo depois da minha cátedra. Agora existem muitas pessoas convidadas e, além disso, também tenho continuado projetos com meus parceiros brasileiros, o que significa que não vou desistir da minha colaboração brasileira por muito tempo. A cátedra tem apenas três anos e eu tive colaborações antes disso [Nota: as primeiras viagens de Petter Krus ao Brasil ocorreram em 2011, enquanto sua cátedra só se iniciou em 2015].

Você vai manter contato com os pesquisadores brasileiros que conheceu durante esses oito anos?

Sim, claro. Acho que estabelecemos uma amizade de longo prazo que não é terminada facilmente.

Você tem planos para estabelecer novas redes nos anos seguintes? Com quem?

Como pesquisador ativo, você sempre constrói ou mantém redes. Além do meu próprio campo, agora busco expandir a colaboração para colegas de minha universidade em outras disciplinas, para alcançar uma diversidade mais ampla. Acho que os desafios que a sociedade enfrenta em geral só podem ser resolvidos envolvendo várias disciplinas e precisamos nos preparar para isso. Eu observei que a colaboração sueco-brasileira também criou redes mais eficientes tanto na Suécia quanto no Brasil, o que também espero que possa beneficiar nossa universidade.

Quais conselhos você daria para professores suecos que estão apenas iniciando seu trabalho no Brasil?

Leve o seu tempo para construir sua rede, construindo amizade e confiança primeiro com pequenos projetos onde você pode testar um ao outro. Uma boa relação perdura além de um projeto individual.

Qual você considera a melhor lembrança que irá levar do país?

Sem dúvida a amizade de todas as pessoas que conheci.