Encontro de líderes para o transporte sustentável

bol30 not01

No dia 22 de maio, a Scania sediou o Sustainable Transport Forum 2018 em Estocolmo, na Suécia. O evento reuniu alguns dos mais influentes líderes intelectuais e tomadores de decisão do mundo. Entre eles estão o ex-vice-presidente dos EUA, Al Gore, e a ex-secretária executiva da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança Climática, Christiana Figueres.

O fórum foi liderado pelo professor Johan Rockström, um dos principais pesquisadores do mundo em questões de sustentabilidade. Ele estimulou discussões sobre a definição de uma direção clara para o transporte sustentável ao lado de palestrantes e membros do painel, representantes de governos, cidades, organizações internacionais, indústria, academia e sociedade civil. 

Diante da urbanização e do desenvolvimento social e econômico, que aumenta a necessidade de transportar pessoas e bens, o setor é responsável por uma parcela significativa das emissões globais de gases de efeito estufa, ao mesmo tempo em que assume papel fundamental em encontrar soluções para o desenvolvimento sustentável. 

“Na Scania, fizemos nossa escolha. Tomamos a decisão de ser um líder ativo na mudança para a sustentabilidade em nosso setor. No entanto, é somente por meio da colaboração contínua que podemos alcançar uma mudança real. É por isso que reunimos líderes e tomadores de decisão no Sustainable Transport Forum; para nos unirmos e discutir como podemos somar esforços, simplificar e, o mais importante, acelerar o ritmo das mudanças”, diz Henrik Henriksson, presidente e CEO da Scania.

O fórum discutiu o que é necessário para alcançar globalmente o transporte comercial livre de combustíveis fósseis no máximo até 2050, que é a velocidade de transição necessária. As oportunidades de mudança disponíveis aqui e agora também foram um tópico de discussão.

“Estamos comprometidos e convencidos de que podemos alcançar um sistema de transporte livre de fósseis globalmente até 2050, a fim de cumprir a meta do acordo de Paris. Para essa mudança, precisamos continuar nos desafiando, e desafiando nossos parceiros, clientes, líderes políticos e acadêmicos. A Scania deseja fazer parte da solução e pode contribuir substancialmente para atingir a meta”, diz Henriksson.