Reconhecimento internacional

bol30 mat04

A cada ano, a cooperação entre Brasil e Suécia no campo da ciência e tecnologia vem ganhando mais força. A realização da Innovation Week na Suécia, em outubro de 2017, foi uma prova disso. Na ocasião, uma delegação brasileira, composta por membros da academia, empresários e agências de fomento, visitou o país nórdico para trocar experiências com seus parceiros suecos. Além dessa ação, a visita contribuiu para estreitar os laços e firmar os programas de intercâmbio entre universidades de ambos os países.

A força dessa cooperação bilateral foi o pano de fundo para que a InderScience Publishers, uma das mais referenciadas editoras mundiais do meio acadêmico, decidisse voltar suas atenções para a relação entre os dois países. A partir de 2018, o International Journal of World Review of Science and Technology for Sustainable Development (WRSTSD) passará a contar com uma edição especial de periodicidade anual voltada apenas para o que está sendo feito entre Brasil e Suécia.

O Special Issue, que tem apoio da Agência PUC-Rio Inovação e do CISB, prevê a publicação de artigos exclusivos revisados por pares. A edição de 2018 terá como enfoque a indústria e trará papers analisando os avanços em estratégias inovadoras para os negócios, inovação para sustentabilidade, adaptação à tecnologia, estudos transnacionais e métodos para melhorar a competitividade dentro do âmbito de cooperação bilateral.

“A cooperação científica e tecnológica Brasil-Suécia é crescente, o que torna não somente interessante, mas também necessária à compilação de seus resultados científicos. Surge, então, pioneiramente, o Special Issue. Além da divulgação contínua e indexada dos resultados das pesquisas Sueco-Brasileiras, ele tem como objetivo contribuir para a relação bilateral e suas ações prospetivas em C&T”, opina Rita Senise, Lead Guest Editor da publicação.

O Corpo Editorial desta edição será responsável por convidar especialistas para contribuírem com artigos correspondentes às áreas temáticas em foco. As próximas edições podem ter formato open call, em que os próprios especialistas podem inscrever os seus trabalhos para publicação.